Ballet

Ballet Clássico é uma atividade corporal que utiliza técnicas que desenvolvem a coordenação motora e o equilíbrio, ajudando na postura, além da musicalidade e o gosto pela dança.

Aulas: Terça-feira às 15:00 horas.
Professora: Jéssica

o Ballet

Hoje, a dança é percebida não só como um passatempo, mas pelo seu próprio valor. É uma atividade que desenvolve estímulos, como o tátil (sentir os movimentos e seus benefícios para o corpo), visual (ver os movimentos e transformá-los em atos), auditivo (ouvir a música e dominar o seu ritmo), afetivo (emoções e sentimentos transpostos na coreografia), cognitivo (raciocínio, ritmo, coordenação) e motor (esquema corporal, coordenação motora associada ao equilíbrio e flexibilidade).

Aguçar este conjunto de sensações favorece aspectos como criatividade, musicalidade, socialização e conhecimento da dança em si..

“Podemos notar na criança que dança o aumento da autoestima e da segurança, facilidade em se sociabilizar e fazer novas amizades e o desenvolvimento da confiança física e mental. Além disso, a dança melhora a postura e coordenação motora, aumenta a flexibilidade, desenvolve a resistência muscular e beneficia o sistema cardiovascular. Atua no equilíbrio do corpo, na agilidade e na rapidez de raciocínio, dando noções de espaço e lateralidade para a criança”.

Desenvolver a musicalidade e a expressão corporal na educação infantil é muito importante não só para trabalhar atividades que envolvam música e dança, mas também para o reconhecimento de seu corpo, de suas possibilidades e limitações espaciais, temporais e laterais.

No Ballet infantil é de suma importância trabalhar com músicas cantadas, quando vamos montar uma coreografia. É mais fácil para a criança aprender a sequência, associando a música ao movimento.

É necessário salientar que as atividades que envolvem música e dança é sem dúvida um importante meio de inserção de cultura e prazer, julgando que as crianças sabem relacionar música e dança, pois é algo materno e com certeza elas irão perceber essa atividade como uma possibilidade de brincar e não há nada mais grandioso do que aprender brincando.

É difícil imaginar uma criança que ao ouvir determinada música não acabe dançando, isso vem desde muito cedo devido ela vivenciar diferentes situações nas quais os adultos mesmo sem perceber acabam passando essa idéia de que música foi feita para dançar e expressar diferentes emoções. Mas não é só esse o papel da música na educação, ela vai muito além de uma gostosa diversão.

Nesse sentido, o trabalho com a música e com a dança pode favorecer o desenvolvimento corporal da criança tendo o objetivo de combinar movimento e ritmo adequado de acordo com a estrutura rítmica da música. Facilitar a socialização e contribuir para o relaxamento muscular e psicológico de cada aluno é um dos fatores que tornam essa prática muito importante.

Turma de Ballet da professora Jéssica CEI Semear e Colher em CEI Joinville

Benefícios do Ballet na Educação Infantil

Benefício emocional

A dança é uma forma de expressão que ajuda seu filho a explorar os seus sentimentos, além de adquirir maior autoconfiança.

Benefício social

A dança é uma experiência comum que promove a tolerância e apreço pelos outros.

Benefício cultural

Dançar fomenta o interesse em outras culturas. Ao estudar formas de dança que se originam em outros países seu filho adquire compreensão histórica de outros povos.

Qual é o melhor estilo de Ballet?

Não importa o estilo de ballet, o importante é que seu filho tenha uma experiência agradável e bem movimentada que explore as suas habilidades individuais através de experiências de aprendizagem.

A dança desenvolve estímulos como:

Tátil

Sentir os movimentos e seus benefícios para o corpo;

Visual

Ver os movimentos e transformá-los em atos;

Auditivo

Ouvir a música e dominar o seu ritmo;

Afetivo

Emoções e sentimentos transpostos na coreografia;

Cognitivo

Raciocínio, ritmo, coordenação;

Motor

Esquema corporal, coordenação motora associada ao equilíbrio e flexibilidade.

Fonte: Portal Crescer

Siga o CEI Semear e Colher nas Redes Sociais